Wagner Petrini questiona possível prorrogação de contrato com a Visate

O vereador socialista cobrou transparência e agilidade, afirmando que não é possível adiar mais uma vez o processo licitatório

Em tom de indignação e preocupação, o vereador Wagner Petrini/PSB ocupou a tribuna virtual de hoje (11/03) para tratar de um tema que, segundo o próprio, é considerado polêmico: a licitação do serviço de transporte público municipal. Petrini afirmou que falta transparência por parte da Prefeitura e da Secretaria de Trânsito, Transportes e Mobilidade (SMTTM).

Em reportagem publicada pelo Jornal Pioneiro, o prefeito Adiló Didomenico/PSDB e o secretário da SMTTM, Alfonso Willenbring Jr., afirmam que é possível que seja solicitada uma prorrogação no contrato com a atual empresa que presta o serviço (Viação Santa Tereza de Caxias do Sul – Visate). O contrato vigente segue valendo até o dia 12 de maio. A gestão aponta, entre um dos motivos da decisão, que o Tribunal de Contas do Estado (TCE) ainda não devolveu a minuta do novo edital ao município.

Petrini, que é o atual presidente da Comissão de Desenvolvimento Urbano, Transporte e Habitação (CDUTH), afirmou que Adiló não tem cumprido com sua palavra, promovida, principalmente, na época das eleições municipais. “Ficou só na promessa. Essa licitação, a transparência e o prazo. O contrato vence agora em 12 de maio e corre o risco de ficar sem transporte na nossa cidade”, afirmou.

O parlamentar salienta que não é aceitável que o contrato seja prorrogado, já que, para Petrini, caso seja aceita a proposta de mais tempo para a atual concessionária, a culpa se voltará para os vereadores. “Cadê a responsabilidade da Prefeitura e da Secretaria de Trânsito, a forma transparente? Nos prometeram que iriam lançar essa licitação”, disse.

Ao final de seu espaço, Petrini voltou a criticar as decisões de fechamento do comércio como uma das medidas de combate ao avanço da pandemia da covid-19, por parte do governo estadual. O parlamentar afirma que essas ações não funcionam, mas que ajudam a fechar pequenos negócios. Cobrou ainda a vacinação da população para a retomada efetiva da atividade econômica do município.

Fonte: Câmara Municipal de Caxias do Sul

Petrini