Wagner Petrini defende a vacinação de jovens contra a Covid-19

O vereador do PSB destacou que o setor de eventos promoverá um encontro para pessoas de 18 a 25 anos se vacinarem

A vacinação de jovens, sobretudo na faixa dos 18 aos 25 anos de idade, está sendo defendida pelo vereador Wagner Petrini/PSB. Na sessão ordinária desta quarta-feira (1º/09), o parlamentar destacou que, na próxima semana, em conjunto com a Prefeitura Municipal, o setor de eventos promoverá um encontro para que as pessoas desse intervalo etário se vacinem. Atentou que, por enquanto, 30% da população brasileira já se encontra com a imunização completa.

De acordo com o socialista, imunizar contra a Covid-19 é a única forma para uma retomada das atividades, de um modo geral. Exemplificou a partir do chamado CA-JU da vacinação, ação da última quarta-feira. Naquela oportunidade, das 16h às 20h, nos estádios Alfredo Jaconi e Centenário, casas, respectivamente, do E.C. Juventude e da S.E.R. Caxias do Sul, 410 jovens, dos 18 aos 20 anos, se vacinaram.

Petrini lembrou que, depois de 13 anos, o Juventude está de volta à disputa da Série A do Brasileirão. Mas que ainda não conseguiu levar público aos jogos desta edição. Ressaltou que o Jaconi comporta 20 mil pessoas. Contou que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) dispõe de um protocolo, para a volta gradual dos torcedores às partidas. “São elencados indicadores, como incidência de casos e mortalidade por Covid-19, nos últimos 14 dias, além do percentual de população plenamente vacinada. Dependendo, é possível liberar até 50% da capacidade do estádio”, observou.

O vereador Adriano Bressan/PTB destacou que o Sport Club Internacional tem sido protagonista na adoção de medidas, para preparar o retorno de sócios colorados ao Gigante da Beira-Rio, em Porto Alegre. Uma delas diz respeito ao cadastramento do comprovante de vacinação de cada associado, no site do clube.

Por outro lado, o vereador Sandro Fantinel/PATRIOTA considerou que, pela Constituição, nenhum cidadão poderia ser obrigado a se vacinar. Sugeriu que, para quem não queira fazer a vacina, seja possibilitado um teste de anticorpos. A vereadora Estela Balardin/PT contrapôs, pois, na ótica dela, ao decidir por não tomar a vacina, uma pessoa acaba prejudicando a superação da própria pandemia da Covid-19.

Em apoio à vacinação, também se manifestaram os vereadores Felipe Gremelmaier/MDB, Juliano Valim/PSD, Lucas Caregnato/PT, Olmir Cadore/PSDB e Zé Dambrós/PSB.

Fonte: Câmara Municipal de Caxias do Sul

3a10ba6a01fec3f7d7ffb971e39087a3