Vereadores visitam andamento das obras de ampliação do Hospital Geral

Estiveram presentes os vereadores socialistas Zé Dambrós e Wagner Petrini, Volmir Moschen representou o vereador Gilfredo De Camillis.

O presidente da Câmara Municipal, Velocino Uez/PTB, vereadores integrantes da Comissão de Saúde e Meio Ambiente (CSMA), e demais parlamentares visitaram na tarde desta quinta-feira (04/02) o Hospital Geral (HG) para terem conhecimento da estrutura de atendimento e das obras de ampliação da instituição, que vão possibilitar a abertura de 118 leitos. O presidente da Comissão da Saúde, o vereador Rafael Bueno/PDT, fez o convite aos colegas.

O diretor do HG, Sandro Junqueira, explicou o funcionamento do hospital, principalmente aos vereadores que estão no primeiro mandato, e pediu apoio dos parlamentares para a busca de recursos junto à comunidade e congressistas de suas respectivas bancadas. Ele destacou a importância da ampliação e comentou sobre a campanha “todospelogeral.com.br”, que está arrecadando fundos para a obra e serve como portal de transparência para qualquer pessoa tenha acesso e verifique o andamento do processo. Ele disse que recursos são necessários para dar celeridade às obras, que poderiam estar mais adiantadas.

O presidente do Legislativo, Velocino Uez/PTB destacou a importância da aproximação da Casa com as demandas da área da saúde, salientando que é preciso buscar novos recursos para o HG, referência no atendimento SUS na Serra gaúcha. Sobre a obra, o presidente comentou a necessidade do envolvimento de todos nessa ação. Uez agradeceu o atendimento que o HG presta à população e citou o exemplo de moradores do interior quando precisaram ser acolhidos na instituição.

“O HG sempre está ao nosso lado. Precisamos estar juntos. O Legislativo vai sempre fazer sua parte, auxiliando nossas instituições de saúde como o Hospital Geral”, completou Uez.

A ampliação do HG está orçada em R$ 37 milhões, entre a obra e a aquisição de equipamentos. Segundo Junqueira, a instituição tem em torno de R$ 20 milhões para entrar, assim, o déficit é de R$ 17 milhões para a conclusão. A ampliação possibilitará um aumento dos atuais 237 para 355 leitos, da estrutura física em mais de 70%, e da capacidade assistencial em mais de 60%, o que pretende amenizar a fila de espera dos pacientes em UTI e internação.

Integram a Comissão de Saúde e Meio Ambiente e estiveram presentes os vereadores Adriano Bressan/PTB, Olmir Cadore/PSDB, Renato Oliveira/PCdoB e José Dambrós/PSB. Também participaram os parlamentares Maurício Scalco/NOVO, Estela Balardin/PT, Denise Pessôa/PT, Lucas Caregnato/PT, Tatiane Frizzo/PSDB, Marisol Santos/PSDB, Alexandre Bortoluz/PP, Clóvis de Oliveira/PTB, Juliano Valim/PSD, Elisandro Fiuza/Republicanos e Wagner Petrini/PSB e assessorias dos demais vereadores.

Fonte: Câmara Caxias do Sul

hg