Vereador Alberto Meneguzzi visita UPA Zona Norte

Parlamentar do PSB verificou novo sistema de trabalho no primeiro mês de contrato com a FUCS

O integrante da Comissão de Saúde e Meio Ambiente do Legislativo, vereador Alberto Meneguzzi/PSB visitou, na tarde desta quarta-feira (05), UPA Zona Norte. A agenda ocorreu no Dia Nacional da Saúde. O parlamentar foi recebido pelo diretor médico, Walter Praetzel Porto; e as coordenadoras administrativa, Fabiane de Andrade, e de enfermagem, Vilma Ceron. Desde 1º de julho, a unidade é administrada pela Fundação Universidade de Caxias do Sul (FUCS). Atualmente, são 202 funcionários trabalhando no pronto atendimento.

Meneguzzi visitou as instalações e conversou com os novos gestores a respeito da administração compartilhada da UPA Zona Norte com a Secretaria Municipal de Saúde. O vereador foi informado de que, por causa da pandemia, o número de atendimentos reduziu em relação aos primeiros meses do ano. Além disso, de que as alas de Psiquiatria e Traumatologia foram transferidas para a UPA Central (antigo Postão). “Lamento o fechamento destas alas. Apesar de diminuir o custo para o Município, me preocupa o fato destes dois tipos de serviços deixarem de ser prestados naquela região da cidade, sendo transferidos para a zona central”, salienta.

Ainda segundo Alberto Meneguzzi, o contrato emergencial com a FUCS, autorizado pelo Legislativo, vem sendo cumprido dentro das metas que foram propostas. “Há um outro ambiente no local. Ao contrário da época do IGH, que eram denúncias a toda hora por descumprimento das leis trabalhistas e protocolos de atendimento, que várias vezes levei ao conhecimento do Ministério Público. A grande maioria dos empregos foram preservados pela FUCS e essa foi uma das minhas reivindicações”, ressalta.

O parlamentar reitera posicionamento contrário à terceirização dos serviços de saúde pública. “No contexto que foi criado pela rescisão de contrato com o IGH, o contrato emergencial com a FUCS foi o mais sensato para manter o atendimento da população. Entretanto, acredito que, durante este período intermediário, o Município estude a municipalização da UPA Zona Norte e também o retorno dos servidores públicos à UPA Central e não renove o contrato com o InSaúde, no final deste ano”, reafirma.

Fonte: Acredita Caxias

Meneguzzi-UPA-ZN-4