Sugerido por Meneguzzi, manutenção do atual orçamento da Câmara em 2021 deverá gerar uma economia de R$ 2,5 milhões

A proposta do vereador do PSB foi confirmada no projeto da Lei Orçamentária Anual protocolada pelo Executivo

A sugestão do segundo-secretário da Mesa Diretora do Legislativo, vereador Alberto Meneguzzi/PSB, sobre a manutenção do atual orçamento da Casa para o ano que vem foi acatada pelo governo municipal. No projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA), entregue por representantes do Executivo na manhã desta quinta-feira (30) aos parlamentares, o Executivo propôs os mesmos R$ 41.025.238,90 estimados para este ano. O projeto precisar ser votado até o final de novembro.

A ideia de manter o atual orçamento da Casa para o próximo ano se baseou na economia alcançadas este ano, quando, em sete meses, o Legislativo devolveu R$ 7,5 milhões ao Município para serem utilizados em ações contra a pandemia. Além disso, em 2018, quando foi presidente da Casa, o parlamentar devolveu R$ 9,5 milhões.

Caso aprovada pelo plenário da Câmara de Vereadores, a medida representará uma economia de cerca de R$ 2,5 milhões durante o ano. O valor representa um percentual de 6%, referente ao índice de inflação acumulada este ano.

“O valor que será economizado poderá ser investido em áreas prioritárias, como saúde, educação e segurança pública, pela próxima gestão municipal. Este ano, já devolvemos cerca de 20% do orçamento para a Prefeitura. O Legislativo de Caxias é um dos mais austeros do Brasil e está em processo de modernização administrativa, que também deverá impactar em mais R$ 4 milhões por ano de economia do dinheiro público, a partir do ano que vem”, ressalta.

Fonte: Acredita Caxias

outubro