Sugerido por Meneguzzi, Legislativo propõe o mesmo orçamento para 2021

Vereador Alberto Meneguzzi/PSB é segundo-secretário da Mesa Diretora do Legislativo de Caxias do Sul.

A sugestão do segundo-secretário da Mesa Diretora do Legislativo de Caxias do Sul, vereador Alberto Meneguzzi/PSB, sobre o congelamento da proposta de orçamento da Casa para 2021, foi acolhida pelo Legislativo. No projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2021, protocolado pelo governo municipal, no final da manhã desta quinta-feira (30), o Executivo referendou a proposta encaminhada pela Casa, que, pelo segundo ano consecutivo, foi de R$ 41.025.238,90.

A ideia da manutenção do mesmo orçamento de 2020 foi defendida por Meneguzzi. Ele se baseou na economia que o parlamento vem fazendo desde o início desta legislatura. Em 2018, por exemplo, quando ele foi presidente da Casa, devolveu quase R$ 10 milhões ao Executivo. Este ano, em sete meses, o Legislativo já devolveu R$ 7,5 milhões para o governo municipal aplicar, principalmente, em ações de saúde pública, no combate ao Coronavírus.

“Este valor corresponde a cerca de 20% do orçamento da Câmara para este ano. Tenho ressaltado que o legislativo de Caxias do Sul é um dos mais austeros do Brasil. Recentemente, promovemos uma reforma administrativa que deverá impactar muito na economia do gasto do dinheiro público. Espero que o Executivo também adote medidas de contenção de despesa para que estes valores sejam investidos nas áreas prioritárias, que são saúde, educação, segurança pública e infraestrutura urbana e rural”, afirma.

O projeto passará pela análise das comissões legislativas e poderá receber emendas por parte dos vereadores. No total, a proposta orçamentária do Município é de R$ 2.416.873.753,01. Somente para o Executivo, entre administração direta (Prefeitura) e indireta (Samae, Codeca e FAS), a previsão é de R$ 2.375.848.514,11. O plenário tem até o final de setembro para votar a matéria. A LDO servirá de base para a elaboração da Lei Orçamentária Anual (LOA), que conterá os valores especificados para cada rubrica de despesa. O documento tem até final de novembro para ser votado.

Fonte: Acredita Caxias

2020-05-07-Alberto-Meneguzzi-Gabriela-Bento-Alves-10