PSB disputa 2° turno em 3 capitais e 5 grandes centros; no 1° turno das eleições, conquistou 250 prefeituras

No primeiro turno das eleições municipais, neste domingo (15), o PSB elegeu 250 prefeitos e 2.948 vereadores em todo o país.

Uma das principais forças de esquerda brasileira, o PSB disputará o segundo turno em três capitais – Recife, Maceió e Rio Branco – e cinco grandes centros – Juiz de Fora (MG), Ribeirão Preto e Mauá (SP), Petrópolis (RJ) e Paulista (PE).

Além de Macapá, onde o PSB concorre com o ex-governador João Capiberibe. O primeiro turno na capital do Amapá, no entanto, foi adiado por conta do apagão de energia ocorrido no Estado do Amapá.

Na avaliação do presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, o resultado do primeiro turno das eleições municipais mostrou que “o momento ainda é da direita”, no entanto, também revela a força da esquerda no país, com vitórias importantes em várias capitais e outras que serão disputadas no segundo turno.

“A política tem dessas ondas, na democracia a roda gira. Este segue sendo o momento da onda para a direita. Mas a esquerda mostrou sua força eleitoral e, principalmente, capacidade de renovação com lideranças orgânicas, o que é fundamental para um novo momento em que os partidos, sem exceção, precisam se modernizar e, no caso da esquerda, se reconectar com os setores populares”, avalia Siqueira.

Em Recife, o jovem deputado federal João Campos (PSB) disputará com Marília Arraes (PT). Com 29,17%, o filho do ex-governador Eduardo Campos, morto em 2014, concorre pela primeira vez a um cargo eletivo para o executivo.

A atual prefeita de Rio Branco (AC), Socorro Neri (PSB), disputará o segundo turno com Tião Bocalom, (PP). A socialista teve 22,68%, de acordo com a apuração divulgada pelo Tribunal Superior Eleitoral.

O candidato do PSB em Maceió, deputado federal João Henrique Caldas, JHC, teve 28,56% dos votos válidos. Ele disputará o segundo turno com Alfredo Gaspar (MDB).

Grandes centros

Além das capitais, o PSB está no segundo turno em Juiz de Fora (MG), onde o socialista Wilson Rezato obteve 22,96% dos votos válidos e enfrentará Margarida Salomão (PT).

No Estado de São Paulo, o PSB concorre em Ribeirão Preto, com Suely Vilela, que somou 20,72% dos votos do primeiro turno, e enfrentará Duarte Nogueira (PSDB). E em Mauá, onde Átila Jacomussi (PSB) vai à reeleição contra Marcelo Oliveira (PT). O socialista recebeu 36,38% dos votos válidos na cidade.

No Rio de Janeiro, na cidade de Petrópolis, o socialista prefeito Rubens Bomtempo obteve 27,37% e disputa o segundo turno com Bernardo Rossi (PL). Bomtempo tem a experiência de três governos no município.

Em Pernambuco, na cidade de Paulista, região metropolitana de Recife, o PSB concorre com o jovem advogado Francisco Padilha, que somou 26,14% dos votos válidos no primeiro turno, e enfrenta Yves Ribeiro (MDB).

Fonte: http://www.psb40.org.br

Design sem nome (14)