Não Violência Ativa

A campanha de Não Violência Ativa que estamos lançando, sintetiza os modos pelos quais o PSB deseja dirigir-se à sociedade, disseminando afetos que apontem para o bem comum: amor, tolerância, hospitalidade, resiliência.

Diante dos constantes conflitos ideológicos, que tem deixado temas relevantes para segundo plano, faz-se necessário e urgente uma mudança de postura da sociedade como um todo, em busca de resolutividade que promova o bem-estar social e psicológico da população.

Essas conquistas, no entanto, não serão atingidas se travarmos uma luta violenta, no padrão que o atual governo adota e pratica. O “Discurso do Ódio” deve ser combatido com o “Discurso da Paz”. Essa é a proposta do PSB – Partido Socialista Brasileiro.

O Partido Socialista Brasileiro – PSB, por força das doutrinas que motivaram sua fundação, é humanista e, em consequência, repudia práticas violentas e desumanas e os valores que as animam. É o que afirma Carlos Siqueira, presidente nacional do PSB.

A luta pelas conquistas e preservação da democracia e dos direitos do povo brasileiro será travada pelo PSB por meio de ações não violentas: NÃO VIOLÊNCIA ATIVA – Uma postura onde é possível o Partido se posicionar e mobilizar a sociedade, sem entrar no campo da agressão, do ódio e da intolerância.

Fonte: http://psb40.org.br/campanha-nao-violencia-ativa

Design sem nome (9)