Camillis pede união para o enfrentamento da Covid-19

O vereador do PSB contou que trabalhou durante 21 anos na área de saúde e vacinação

O vereador Gilfredo De Camillis/PSB utilizou o espaço do grande expediente pela primeira vez, durante a sessão ordinária desta terça-feira (20/04). Em sua explanação, agradeceu à família, ao Partido Socialista Brasileiro (PSB), aos eleitores e colegas de partido pelo apoio prestado. O parlamentar concorreu seis vezes a vereador, até conseguir, no ano passado, uma vaga na XVIII Legislatura (2021-2024), na Câmara Municipal de Caxias do Sul.

O socialista pautou seu grande expediente pela área da saúde. Camillis contou que foi responsável pelo setor de Epidemiologia da 5ª Coordenadoria Regional de Saúde. Durante a experiência, organizou as campanhas de vacinação de toda a região atendida pela 5ª Coordenadoria.  

De acordo com o parlamentar, em 1973, atendeu o primeiro caso de Meningite Meningocócica, no Brasil, na cidade de Nova Prata/RS. Após esse caso, em 1975, foi iniciada a vacinação contra a meningite no país.

A pandemia de Covid-19 também teve atenção do parlamentar. Segundo ele, o momento atual pede união e não posições extremas. “Peço aos nobres pares para que possamos ser mais unidos. Claro, podemos defender nossos posicionamentos, mas de forma respeitosa”, sugeriu Camillis.

Na ótica do vereador, cada pessoa tem seu potencial e o conhecimento para exercer determinada função. Com isso, acredita que a saúde deve ser tratada por quem entende de saúde. De acordo com Camillis, quem não é profissional da saúde pode expor seu pensamento, mas sempre baseado na opinião de especialistas.

A defesa pela vacinação contra a Covid-19 também foi ressaltada pelo socialista. Para ele, esse é o momento de luta para a aquisição de mais vacinas para a população. O vereador não escondeu sua alegria ao contar que hoje irá receber a segunda dose da vacina contra o coronavírus.

“A vacina salvou muitas vidas no passado, a vacina salva vidas no presente e salvará muitas vidas no futuro. Vacina para todos, sim! Quando chegar sua vez, vacine-se. Vacina não mata, vacina salva”, declarou.  

Para finalizar, Camillis prestou solidariedade a todas as famílias que perderam entes para a Covid-19.

Fonte: Câmara Caxias do Sul

grande